Uma mulher de frente para um homem com tablets e um notebook abertos sobre a mesa

Descubra como posicionar sua marca no mercado

Por trás da identidade visual de uma marca existe muito mais do que os olhos podem ver, existe o que ela representa. Trata-se de todo um processo de criação do qual faz parte uma complexa estratégia de negócio e comunicação.

A este processo estratégico damos o nome de Branding. O branding consiste em decidir quem você é como marca, quais suas crenças e valores. Mas, acima de tudo, esta estratégia define a forma de gerir a imagem do seu negócio, ser visto no mercado e na sociedade.

Por exemplo, enquanto marca, você acredita que deve participar da construção de uma sociedade sustentável, ativa na luta pela preservação do meio ambiente. Mas a definição de quem você é difere da forma como você pode ser visto fora da sua empresa. É esta a importância do branding.

O processo consiste em definir também como você quer que o público e as outras marcas te vejam. No exemplo mencionado acima, não adianta querer ser uma marca preocupada com a natureza, mas utilizar sacolas plásticas para entregar seus produtos, ou poluentes na composição dos mesmos. O consumidor verá a sua marca de maneira oposta ao que ela afirma ser.

Estes valores aparentemente abstratos e intangíveis são o que posicionam a marca no mercado. É por causa deles que o cliente se decidirá pela compra: o consumidor busca por uma verdade, além do produto. E também é desta forma que estes valores invisíveis se converterão em valores financeiros. É assim que são ranqueadas as marcas mais valiosas do mercado – através de sua reputação corporativa.

Na lista das principais marcas em termos de valor de mercado, estão no topo Apple, Google e IBM. Estas são, para além de seus produtos e serviços, marcas que transmitem confiança ao usuário. Isso sem falar no status que confere a quem consome: uma pessoa que carrega um iPhone no bolso não está usando um celular – está usando um iPhone, e isso é refletido tanto no que chamamos anteriormente de valor abstrato quanto no valor financeiro, vide o preço dos aparelhos da Apple.

É importante lembrar que este processo não deve estar presente somente em um determinado momento da história da sua marca. Não faz parte somente da criação da sua empresa, mas é um processo contínuo que deve acompanhar a companhia e incansavelmente se manter atualizada. Não é à toa que usamos o verbo to brand no presente contínuo, branding – um processo que continua acontecendo. Faz sentido, não faz?

Se você tem interesse em melhor posicionar sua marca no mercado, converse conosco!